×

Corrigir

Cronologia

Radiofonika

Velhos amores vão voltar
Livros velhos e discos riscados, variam as coisas tudo vai parar
Tudo a em constante , não há o q achar

Agora entenda as leis da gravidade
Insista na mentira
Com tragos de verdade
Isto faz tão bem
Me sinta levitar

As águas não levam junto à demora
E o relógio não prega mentira nas horas
O tempo em minhas mãos
O fim do que não aconteceu
Outro dom q se perdeu
Já Só imita que escuta

Estejam prontos
É tão vulnerável
Rastros do que sobrou
Estes pedaços podem ser os meus
Não esconda o que não existe
Toda essa realidade, insiste em aparecer
Não à perfeição, não se iluda tanto assim.
Ser o melhor possível , em quanto existir.
(Refrão 2x)

Não esconda o que não existe
Toda essa realidade, insiste em aparecer
Não à perfeição, não se iluda tanto assim.
Pelo melhor possível , sem deixar de existir

refrão...


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Radiofonika Ouvir